Tragédia

O site da revista Veja traz, com exclusividade, nota da família de Rafael Bussamra -que atropelou e matou Rafael Mascarenhas, filho da atriz Cissa Guimarães, na semana passada – sobre o episódio:

“Vimos esclarecer por meio deste comunicado que todos esses acontecimentos envolvendo Rafael Mascarenhas e o nosso filho Rafael Bussamra, trouxeram para todos nós sentimentos profundos de dor, angústia e uma sensação de vazio que parece não ter fim.

O objetivo dessa mensagem é quebrar esse nosso silêncio e enviar algumas palavras de carinho à família de Rafael Mascarenhas, que através da atriz Cissa Guimarães aprendemos a admirar seu talento e trabalho profissional.

Gostaríamos de dizer que nossa família vem sofrendo através de informações equívocadas vinculadas nos meios de comunicação de fatos que já foram esclarecidos em depoimentos oficiais, expondo e trazendo insegurança à nossa família.

Meu filho estuda, trabalha, não tem nenhum tipo de vício e nunca se envolveu em fato semelhante. O que aconteceu foi infelizmente uma tragédia.

Com respeito e carinho, Família Bussamra”

http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/leia-nota-da-familia-de-rafael-bussamra-que-atropel ou-rafael-mascarenhas

No mesmo endereço, a atriz Cissa Guimarães fala.

“Há três dias estou fora do ar. É a primeira vez que ligo a TV e vejo alguma notícia sobre o caso. Só agora vou saber que providências tomar”. Essas foram as primeiras palavras de Cissa Guimarães ao filho João Velho e a amigos próximos que estavam na casa da atriz na noite da sexta-feira durante exibição da reportagem do Jornal Nacional que denunciou o esquema de extorsão e ocultação de provas que seguiu ao atropelamento de seu filho, o músico Rafael Mascarenhas, de 18 anos, praticados pelo sargento da PM Marcelo Leal Souza Martins e o cabo Marcelo Bigon, ambos do 23º batalhão, no Leblon.

Na mesma noite, a atriz telefonou para Técio Lins e Silva, que representa a família no caso, e marcou uma reunião para a noite do sábado para que ele atualizasse todos sobre os procedimentos legais a tomar (…).

http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/%E2%80%9Cpreciso-espairecer-nao-aguento-mais-ficar-em-casa-sentindo-essa-dor%E2%80%9D

2 Comentários para “Tragédia”

  1. lust@beavertail.anorexia” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!…

  2. emperor@brooklyn.bruckners” rel=”nofollow”>.…

    thank you!…


Deixe uma resposta